31 dezembro 2008

Gola torcida ou cachecol multifunções

150 malhas em agulhas redondas, 4m meia+4m tricot a "descair" em cada carreira, na 1ª carreira torcer as agulhas e sai uma estola/cachecol/gola quentinha, prática e gira.
O único problema é ter sido feita a pensar em mim e ainda não a conseguir usar. É no que dá ter 2 filhas.






Um 2009 com bom humor e poucas depressões!

30 dezembro 2008

2008

Fechou como abriu: com um mau discurso do sr. Silva. Do sr. prof. Silva.


Nota-se muito a minha embirração com aquela figura de figo ressequído?

21 dezembro 2008

17 dezembro 2008

1, 2, 3...a treinar o Natal

A treinar os biscoitos natalícios





A treinar o trabalho infantil (vulgarmente apelidado de ocupação de férias)




A treinar as prendas

10 dezembro 2008

Já não há paciência

Assino por baixo Isabel, mesmo correndo o risco de linchamento.

27 novembro 2008

Saco em tishrt




Frequentemente tenho a sensação que a roupa se reproduz cá por casa. Para lavar, para passar, dobrar,arrumar. Depois aquela que não serve arruma-se para a amiga, ou talvez sirva para o ano que vem. A da filha mais velha guarda-se para a mais nova, o mesmo para os rapazes e ainda aquela que pode ser aproveitada, talvez, para qualquer coisa. Com isto tenho um sótão ocupado quase em exclusividade com roupas.
Hoje procurei camisolas e calças que possam servir ao Alexandre pois ele deu um grande pulo e, de repente, tudo lhe fica curto e os saldos ainda estão longe.
Com as calças e camisolas do filhote veio esta tishrt minha, quase nova mas não vestida há uns bons 4 anos.
Virou saco de compras e já foi ao mini-preço. Prática, barata e ecológica duas vezes.

24 novembro 2008

Finalmente descobri a razão de nunca ter sido convidada para o conselho de estado pelo sr. Presidente Cavaco Silva

Não faço ideia onde estava às 4 da tarde de 19 de Abril de 2001. Em ponto.

Também não preciso de álibi.

17 novembro 2008

Tec-tec

Manta e guizo prontinhos para seguir viagem




Mais informações na loja

06 novembro 2008

Tempo relativo



Levanto-me às 7 e raramente me deito antes da uma da manhã. Poucas vezes me deito com a sensação de ter feito tudo o que queria ou precisava. Aquelas roupas, aquela gaveta, aquele livro, aquele telefonema, aquela conversa, aquele beijo... que ficaram em espera. Há sempre algo em modo de espera.

Ontem o mundo deu um pulo em frente. O discurso de vitória deixou-me de lágrima no olho.

Li a entrevista de Miguel Esteves Cardoso à revista Sábado (já saída em Outubro mas o tempo em espera...) e
a sua descrição das orgias de álcool, cocaína e anfetaminas no Independente deixou-me de cara à banda.

Há muito tempo que não falo dos meus filhos, não por não haver o que dizer.
É mais por não saber por onde começar, com tanta coisa nova sempre a acontecer. No Domingo fizemos uma sessão de cinema com a filha grande, vimos as modas, rimos e adorei um tempinho só nós duas, qual meninas crescidas onde homem não entra. A repetir. Não perdemos juntas, todas as segundas, a nossa série favorita.
Está cada vez mais parecida com a mãe, em gostos e mau feitio.

Um blog com desenhos muito bonitos. A menina talentosa é de Viseu.

29 outubro 2008

Dúvidas existenciais


Durante mais de um século encharcaram-nos os ouvidos com o papão das nacionalizações. Só a livre concorrência e tal garantia postos de trabalho, riqueza e coisas mais. Que só os bancos privados conseguiriam gerar mais valias que, por sua vez, levariam à riqueza de todos nós, ou quase.
Atão e agora é aqui a Lili Papaaçorda que tem que emprestar o tostãozinho para os banqueiros não se afundarem? São os meus a€rios que vão salvar os bancos e ainda me afundam a mão no bolso por forma do empréstimo à habitação?
Ai a minha vida!

27 outubro 2008

Enigma

Leio na Visão
que Filomena Mónica considera que em Portugal não existem mais de três pessoas cultas Ponto

Ora deixa cá ver: uma será a própria, a segunda o marido - António Barreto, então quem raio será a terceira?

22 outubro 2008

Trabalho em progresso



Com o outono estou de volta ao tricot. Já tinha saudades do tec-tec das agulhas e de combinar cores. Ainda não decidimos se será um casaco ou um colete para a filhota pequena.
Nos intervalos fiz um boneco.

14 outubro 2008

O Cavaquinho

Os Gato Fedorento regressaram. Em forma, para nos alegrar os dias e levarmos com melhor humor a subida da prestação da casa, da gasosa e da carcaça. E mais importante, para mim, mobiliza toda a família para o sofá frente à tv. Serão em família.


08 outubro 2008

Caixas e caixotes


Todos os meios de comunicação nos impingem, a cada segundo, uma parafernália de bens. Hoje em dia raramente se entra numa loja, centro comercial, bancas de rua, que não se compre qualquer coisa. Por mim falo. Embora não me seduza passear em centros comerciais nem tenha tempo para "andar por aí a ver montras", de cada vez que arrumo a fundo os armários cá de casa (tento que seja uma vez por ano!), descubro sempre coisas compradas que nunca serviram. Nesses dias o contentor do lixo da minha rua fica a ganhar.
Vem isto a propósito da última grande brincadeira dominical dos meus filhotes mais pequenos. Provaram-me, mais uma vez, que o que é importante é a imaginação e a alegria da brincadeira e não a complexidade ou o preço do brinquedo.
Uma caixa de papelão. Uma caixa que estava na garagem à espera de ir para o papelão.
Ocupou toda a tarde.

04 outubro 2008

O sr. Presidente se não tem nada interessante para dizer, além de descrever a espera das vaquinhas para a ordenha de 7 minutos(!), valia mais estar caladinho e dormir a sesta.

03 outubro 2008

29 setembro 2008

Compota de Figo

Da série "eu respigo, ela respiga, nós aproveitamos os bens da natureza."




Escolhi 1,5kg dos figos maduros mas inteiros.Depois de lavados e escorridos mergulhei-os em água a ferver cerca de 5 minutos.


Deixei-os escorrer num pano e, entretanto, fiz uma calda de açúcar. Fervi 0,5kg de açúcar, durante 5 minutos com 2dl de água, um pau de canela e 3 cravinhos. Mergulhei os figos escorridos nesta calda e deixei cozer 20 minutos. Juntei o sumo dum limão grande e deixei apurar (+5 mn).



Depois de morno, tirei a canela e os cravinhos e deitei-os em frascos.

Pena ter feito apenas 1,5kg porque é uma compota deliciosa, não é demasiado doce e os figos ficam quase inteiros. Sozinha ou com gelado mnham...



Do resto dos figos apanhados fiz doce.

23 setembro 2008

Outono


O Outono é a minha estação do ano favorita. Gosto das tonalidades da natureza, das colheitas, das vindimas.
As colheitas já chegaram à minha cozinha.
Vou ali fazer compota de figo, doce de figo, molhos de tomate variados para bases de pizza e massas, doce de amoras silvestres...

Depois volto.

17 setembro 2008

Histórias de amor e tolerância

O Clermont treina-se afincadamente para a sua próxima função, cão-guia.


Este gatito está à procura de casa: na semana passada, o meu vizinho tocou-me à campainha às 23h e 30 mn porque o nosso carro estava a miar. Pensou que nos tínhamos esquecido da Lala no carro. A Lala dormia descansada no cadeirão da cozinha, era um gatito pequenino, esfomeado, que estava enroscado no motor, para se aquecer. O 3 primeiros dias só comia, parecia uma bola com patas... Agora brinca com tudo e com todos, embora a Lala não lhe ache grande piada.

Por favor, por favor, por favor,não POSSO ter mais animais em casa. Quem se candidata?

De Famílias de Acolhimento está também muito necessitada a Escola de cães-guia, neste momento tem 5 cachorros (oferecidos) e não tem famílias onde colocá-los.
Se viver nas zonas de Viseu, Coimbra, Figueira da Foz ou Aveiro, ajude. É muito gratificante.
Estou sempre disponível para dar mais informações por e-mail.

16 setembro 2008

Inícios

Gosto de coisas novas. Gosto de começar, recomeçar. De provar novos sabores, de ler livros novos (adoro o cheiro do papel ao abrir um livro novo). Do cheiro dum bebé recém-nascido (saudades!).

Não gosto do início dos anos lectivos. Esta correria de taxista encartada, deixa-me exausta.

08 setembro 2008

Dois anos ...

de lindas fotos e excelentes textos. Parabéns AJ.

06 setembro 2008

22 agosto 2008

Olímpicos


foto daqui


Cheia de orgulho dele. Obrigada, Nelson.
Obrigada, Vanessa.
Obrigada, Obikwelu por teres escolhido representar, com tanto orgulho, este país (não sei bem porquê).
Coragem Naide, lá chegarás.

Já agora: haverá alguma ervinha nova a crescer na Jamaica?

30 julho 2008

Guarda - Belmonte

Uma viagem a quatro, mais cão.
Guarda, a cidade dos f´s, onde a única coisa digna de ser vista - a catedral - estava fechada. Esperámos e nada, continuou trancada.

Catedral da Guarda

Seguimos para Belmonte. Valeu a pena. O castelo, o panteão dos Cabrais, o Museu Judaico, a Sinagoga, o museu do azeite.

Castelo de Belmonte


Sinagoga

Panteão dos Cabrais


Descanso



29 julho 2008

Agulhas em férias

As mãos não conseguem estar paradas, parece que têm vontade própria.

Vestido em crochet e tecido de algodão para a bebé Sofia, de 6 meses





Vestido em tricot rendado e tecido de algodão para a prima J.

28 julho 2008

olá Carlinha,
espero que esteja tudo bem com toda a família, em especial com o bebé.
Peço desculpa pela demora mas o tempo não me sobra para tudo.

Bolo de cenoura
Ingredientes: 500 gr de cenoura 350gr de açucar, 4 ovos, 4 colheres de sopa de farinha com fermento, 1 laranja.

Cozer as cenouras e passá-las, deixar escorrer bem (importante), juntar o açúcar, a raspa e sumo da laranja, os ovos inteiros e bater. Juntar a farinha e bater.
Deitar o preparado num tabuleiro forrado com papel vegetal untado e enfarinhado. Cozer cerca de 20 mn em forno médio. Com cobertura de chocolate ´fica bom

25 julho 2008

Leituras


Não ter tv intensifica o prazer da leitura. Quem não sabe ler, vê as figuras....

Paraíso

Todos nós temos um cantinho, mesmo que imaginário, onde nos sentimos no céu.
O meu é uma aldeia (não divulgo o nome para não correr o risco de a ver invadida de curiosos) junto ao rio Paiva. Água límpida, relva,hortas, grandes carvalhos e castanheiros, amieiros e freixos.
Uma casa sem televisão e quase sem rede de telemóvel. Que mais se pode pedir?





21 julho 2008

18 julho 2008

Passeios e manualidades



Palácio do Gelo





Fontelo




Pulseiras e colares





Se há dez anos alguém me dissesse para plantar tomates (cereja) na varanda enviá-lo-ia para a consulta (do andar de cima) mais próxima.

15 julho 2008

Doce de groselha


O ingrediente principal - as groselhas - foi-me oferecido por uma das minhas amigas/abastecedoras, que sabem que cá em casa tudo tem aplicação e escoamento.
Pesavam, aproximadamente, um quilo. A que juntei outro kg de açucar.


Fervi em lume moderado mais ou menos uma hora.



Ficou uma delícia. Um frasco ficou muito desfalcado só ao lanche de hoje.Espero que as groselheiras produzam mais.