25 julho 2008

Paraíso

Todos nós temos um cantinho, mesmo que imaginário, onde nos sentimos no céu.
O meu é uma aldeia (não divulgo o nome para não correr o risco de a ver invadida de curiosos) junto ao rio Paiva. Água límpida, relva,hortas, grandes carvalhos e castanheiros, amieiros e freixos.
Uma casa sem televisão e quase sem rede de telemóvel. Que mais se pode pedir?





10 comentários:

Pandora disse...

Um dia destes vou conhecer o teu paraíso.
Beijos.

Anna^ disse...

Adoro esses "cantinhos"!
E no teu respira-se tranquilidade :)
Felizarda! :))

beijinho

Isabel disse...

muito lindo. eu também tenho um paraíso, não muito longe daí, mas no Mondego. Infelizmente após longos anos de luta, fiquei em minoria e a televisão venceu.

Carlinha disse...

Isso é um luxo!

aos meus olhos disse...

Que mais se pode pedir?? Essa é boa!!, eu pedia boleia...
A praia cansa-me, faço-lhe alergia, estou medicada há mais de uma semana, isto são férias??
Aproveitem, já há poucos cantinhos assim.
Bjitos grandes
ana

Mamã Martinho disse...

Bem, o meu paraiso também é identico! Sei exactamente o que sentes! Só tenho pena de este ano não ter podido ir lá, mas quem sabe daqui a uns mesitos com o Henrique já rpontinho para o frio apareça por lá e te faça uma visita!

Bjs e Boas férias

Mónica

Anónimo disse...

olá,admiro quem sabe tão bem desfrutar a vida,acho que faz muito beme um grande beijinho

Maria José disse...

olá,admiro quem sabe tão bem desfrutar a vida,acho que faz muito beme um grande beijinho

Carla O. disse...

Que espectáculo!
É quase um regresso ao passado :)
(As férias com os meus pais eram assim, na Aroeira, que quase não tinha casas e sem tv, mas há 30 anos...)
Aproveitem bem :)

Anónimo disse...

fraguas ;)