27 novembro 2008

Saco em tishrt




Frequentemente tenho a sensação que a roupa se reproduz cá por casa. Para lavar, para passar, dobrar,arrumar. Depois aquela que não serve arruma-se para a amiga, ou talvez sirva para o ano que vem. A da filha mais velha guarda-se para a mais nova, o mesmo para os rapazes e ainda aquela que pode ser aproveitada, talvez, para qualquer coisa. Com isto tenho um sótão ocupado quase em exclusividade com roupas.
Hoje procurei camisolas e calças que possam servir ao Alexandre pois ele deu um grande pulo e, de repente, tudo lhe fica curto e os saldos ainda estão longe.
Com as calças e camisolas do filhote veio esta tishrt minha, quase nova mas não vestida há uns bons 4 anos.
Virou saco de compras e já foi ao mini-preço. Prática, barata e ecológica duas vezes.

5 comentários:

disse...

Realmente o que é preciso é ter imaginação!
Muito engraçado!
Beijinhos e bom fim de semana!

Nilson Barcelli disse...

A criatividade é uma das tuas principais características.
E no aproveitar é que está o ganho...
Beijinhos.

Carlinha disse...

Legal sua bolsa! mas identifico-me mesmo com essa trabalheira que dão as roupas das crianças...Não sei da onde saem tantas roupas.. e tenho somente três filhos!
Beijinhos... e é sempre um prazer ler você!

Pandora disse...

boa ideia, e rápida também.
Beijos.

Maria disse...

Haja imaginação. Girissima! :)

Beijinhos nossos