26 maio 2007

Jardins primaveris

Gosto do meu jardim vistoso e saboroso. É muito pequeno, com pouca terra sobre uma rocha granítica. Tento aproveitá-lo ao máximo, esticando-o com vasos pendurados.
Travo uma luta constante com os caracóis. Por enquanto estão eles a ganhar.


Rosas chinesas e orégãos



Lúcia-lima e perpétua-das-areias.


A lúcia-lima faz um chá que nos aquece no inverno e refresca no verão. A perpétua-das-areias, além de bonita com a sua folhagem prateada e flores amarelas, tem um aroma a caril, que pode substituir na comida.



O que é que a natureza tem que nós, seres pensantes (às vezes), tentamos sempre copiar?

4 comentários:

Alecrim disse...

A Natureza é a inspiração em "pessoa"

aos meus olhos disse...

Já desisti! A natureza é mais forte que eu (ou que o meu esforço físico). Depois de ter tudo mais apresentável, a chuva fez crescer novamente muita erva!... Desisto a natureza vence-me. Mas que dá gosto apreciar o que a terra nos dá, não há dúvida alguma.
Tem uma boa semana.
Bjito
ana

Mamã Martinho disse...

Humm, isto parece-me um lenço ed cabeça, será?

Bjs

Mónica

guga disse...

é o único defeito que eu vejo nos apartamentos: não ter jardim.

bjs Sandra