12 fevereiro 2007

O Dia D(epois)

Hoje sinto-me bem na pele de portuguesa.

Viseu foi (um pouco menos) cavaquistão.

4 comentários:

Anónimo disse...

Eva:
Definitivamente temos dois países. E um deles prima pela mediocridade, pelo obscurantismo e pela miserabilismo! E o que justifica esta "divisão"? A influência da Igreja é assim tão clara? As razões estão nas assimetrias do grau de desenvolvimento socio-económico? Serão as preferências partidárias?
61% de votos no Não em Viseu também indicam uma escolha que é transversal a variáveis demográficas? Qual é a percentagem de jovens em Viseu, cidade com ensino universitário?
Estes dados continuam a espantar-me. Tal como a região em si... Pode ser que um dia seja diferente!
Bazookas

Joana disse...

Eu também ;)

Eva Lima disse...

Bazoocas:
pode ser que um dia seja diferente, só espero que seja antes dos meus netos!!!

Pandora disse...

Agora vamos esperar que entre em vigor, (lá para o séc. XXII).
É pena que aqui os jovens tenham andado a fazer campanha pelo Não. Meninos de catequese...