20 abril 2009

No limite



Percebo que o limite se aproxima perigosamente quando descubro que deixei o filho mais novo, durante uma hora, num treino que não é o dele.
Descubro,na hora da recolha e já acompanhada pelos 2 filhos mais velhos, que não conheço o treinador nem os colegas de treino (nem ele os conhece).


Ups, o treino era noutro local, à mesma hora.
O bom da história é que o treinador "adoptou-o" e integrou-o como se pertencesse ao grupo. Claro que o nosso pequenito verteu algumas lágrimas, quando se apercebeu que a mãe o deixou no lugar errado e que perdeu o seu treino.

O gozo que isto está a dar aos filhos grandes!!! A mãe passou a barreira da senilidade (sic)

10 comentários:

Carla O. disse...

Ah mulher! :)
Entre o ahhhhh do espanto e o hahahah, fica a solidariedade de alguém a quem com alguma facilidade poderia acontecer o mesmo ;)
Beijo grande

Márcia Carvalho disse...

eh pá! Mas olha que eles têm alguma razão :)

Mamã Martinho disse...

Bem, se te deixa mais descansada eu ando mais ou menos assim. Por vezes fico com receio de me esquecer dos miudos em casa ou na escola!
Seja como for, ri-me imenso com a história (não me leves a mal).

Bjs

Mónica

LP disse...

Ups... ora aí está uma coisa que me pode acontecer.

Margarida disse...

Ola',

Esse e'um dos meus maiores medos... de deixar criancas 'a minha espera perdidas...

Imagino o susto!!!

Beijinhos

carla disse...

Pois...lembro-me que quando esqueci o Rodrigo no judo tu foste uma que me apoiou em solidariedade...a nossa cabeça n dá para tudo!

Beijinhps

Vermelho morango disse...

O nosso coração fica pequenino quando essas coisas acontecem mas são apenas histórias que ficam para contar e rir e dúvido que haja uma mãe a quem não tenha já acontecido qualquer coisa parecida.
Coragem para mais uma semana :)

Carlinha disse...

Nossa! que medo amiga! Mas acontece a todas nós! de um modo ou de outro!
Beijos grandes!
Ainda quero ver como ficaram tuas galinhas!

Costinhas disse...

a hipótese de isso me vir a acontecer, só não é grande porque já me aconteceu :p

A única diferença é que deixei-a no sítio certo, com a professora certa, mas no dia errado. Fez a aula com as mais velhas e assunto resolvido :p

beijos

Pandora disse...

ops... sosinho no treino...A mim ainda não me aconteceu, mas conheço uma que nas férias deixou o filho de dois meses á porta do quarto do hotel dentro do ovo de transporte. hehehe
Beijos.