17 janeiro 2008

Livros, livrarias, bibliotecas e beleza


Gosto de livros. Muito.
Gosto de livrarias e bibliotecas. Gosto de folhear livros, sentada, calmamente, de sentir o cheiro do papel.
Não gosto do modelo FNAC, um supermercado de livros. Mal por mal compro-os no Continente ou no Jumbo.
A Lello do Porto é realmente uma livraria linda, o Guardian também acha.

A foto não é minha, mas não identifiquei o autor

7 comentários:

Eu disse...

É sim senhora! :D

Papoila disse...

Concordo contigo em relação à Fnac, uma pessoa entra lá e é um stress, sempre cheia de gente, tudo muito abafado, tudo aos encontrões, detesto!
Mas a maior parte das pessoas adora...
:/

aos meus olhos disse...

Concordo contigo, tenho é pena de não conseguir ter a calma suficiente para ler com lia em tempos idos...

APO (Bem-Trapilho) disse...

ai, eu quero conhecer! quando for ao porto não me vai escapar! partilho do teu sentimento em relação aos livros, livraria e bibliotecas e amei a Lello que não fazia ideia! ainda estou a vibrar com o que vi na net!

as-nunes disse...

Tal e qual. É emocionante entrar numa livraria, com os livros à mão, a poder tocar-lhes, ler nem que sejam só as badanas.
Ontem entrei na "Arquivo" em Leiria, à procura dum autor específico. Não o encontrei, nem sequer estava no computador. Não me admirei.
Apesar de tudo dei uma volta nas calmas, levo este e mais aquele e outro e...de repente lembrei-me da parte das despesas do meu orçamento. Acabei por não levar nenhum, por ora.
Um beijinho
António

Anónimo disse...

Eva, já deram conta disto?
http://gamvis.blogspot.com/2008/01/cof-cof.html
Vamos reanimar o blog! Passa palavra

Liliput disse...

Infelizmente livrarias como estas estão em extinção. Na realidade confesso que já não tenho tempo nem descanso para entrar e descobrir as novidades (que por vezes já são antigas). Muitas vezes substiuo estas saídas por umas idas á biblioteca, onde cada membro familiar tem um cantinho para escolher e estar.