21 agosto 2007

Apontamentos à beira-praia

Os meus filhotes queixam-se muito, protestam que vão para a praia quando está pouca gente e regressam quando os outros estão a chegar.
As explicações sobre as maleitas da exposição solar ao meio dia, e os benefícios de se estar numa praia pouco povoada, não são muito bem acolhidas.
"Porque é que a nós faz mal e a eles não?" - é pergunta repetida até ao limite da minha paciência.

6 comentários:

Alecrim disse...

E a tua resposta, repetida até ao limite da paciência deles, qual é? ;)

AnaBond disse...

ui, o que me espera...

scaf disse...

same here. Mas eu não desisto e explico até que me doam os maxilares. E, mesmo sabendo que ela tem só três anos e que há coisas que são de difícil compreensão, tenho a certeza que isso dará bons frutos no futuro :)
Mas eu também faço uma pergunta a mim mesma inúmeras vezes: "como é que há pais que vão para a praia com os filhos às 12h da tarde?!"

Pandora disse...

Tambem não entendo. ás 12 h, já as minhas edstão de Tshert e chapéu, toalha ao ombro a caminho de casa, a protestar com o calor.
Beijos.

aos meus olhos disse...

Nós também somos assim: de manhã os jovens gostam de dormir ou damos caminhadas, almoçamos, descansamos e dedicamo-nos à leitura, e só depois disso tudo, quando já toda a gente está de regresso a casa abrasados com tanto calor, aí vamos nós até ao anoitecer. Somos pouco adeptos de praia, a nossa cor de pele não nos permite grandes avarias...
Bjitos
ana

maria disse...

E eles têm razão para perguntar isso... O que nos falta é a paciencia para lhes explicar que os outros é que estão errados.

bjnhos